_SAM7474 - Cu00f3piah_edited.jpg

Foto by: Raquel Fortunato

ATÉ AGORA SEI QUE A MINHA ALMA EXISTE AINDA À PROCURA DO OÁSIS DA EXISTÊNCIA. O MEU DESÍGNIO SEMPRE FOI ENCONTRAR A SUBSTÂNCIA, A MEDULA DA MINHA PRESENÇA NESTA REALIDADE. A CIÊNCIA OCULTA APROXIMOU-ME DOS MISTÉRIOS DA MORTE E TORNOU-ME REMOTA DA VIVÊNCIA NESTE UNIVERSO. TAL COMO UM CERTO MAGO O FEZ, A VIDA QUE TIVE, ANTES DO INÍCIO DA MINHA PESQUISA, SEMPRE FOI PASSADA EM ANESTESIA, PARA ME SUSTER E SUPORTAR, NESTA DOR COM QUE VIVO DE ME ENCONTRAR NO MUNDO E DE SER HUMANA, DE AGUENTAR ESTE DESESPERO QUE É O DESTA ALMA CORROÍDA SE ENCONTRAR NA MASMORRA DA VIDA. DECIDI, ENTÃO, DEDICAR-ME APENAS A ESTA PESQUISA, QUE DESEJO E PRETENDO TERMINAR POUCOS MESES ANTES DO DIA DA MINHA MORTE. NÃO DESISTO ATÉ DESCOBRIR O OUTRO LADO (OU SE MORRO MESMO)...

Do meu livro, MEIA-VIDA